4 pontos essenciais sobre seguros de vida que você precisa saber!

Você está entrando agora no mundo dos investimentos? Se a resposta for sim (ou até mesmo se for não), nós decidimos trazer cinco conceitos essenciais para você ter em mente, com clareza, antes de começar a investir! 

 

Renda fixa e Renda variável 

Entende-se como investimentos de Renda Fixa aqueles em que a remuneração é definida no momento da aplicação. O investidor espera receber no futuro o valor que ele aplicou somados aos juros, com as condições acertadas antes de o investimento acontecer. Esses, por possuírem menor risco, são mais recomendados para iniciantes. 

 

Já os investimentos de renda variável são aqueles cujo retorno é imprevisível no momento do investimento. A remuneração que oferecem varia conforme as condições do mercado, não podendo ter alguma certeza de retorno nem quanto esse será caso ocorra. Esses investimentos possuem um risco muito maior. 

 

Risco

Nos investimentos, o risco representa a chance de alguma  coisa sair diferente do esperado, geralmente em desacordo com as expectativas do investidor. Na prática, você assumirá um risco. Ou seja, a possibilidade de que algo tenha impacto diferente do imaginado sobre os resultados das aplicações financeiras. 

 

Liquidez

A liquidez representa o quão fácil ou difícil é de se resgatar ou de se modificar um investimento. Aplicações de baixa liquidez são negociadas por menos investidores ou em prazos mais espaçados, consequentemente, podem ser menos atrativas. Já as de alta liquidez, possuem maior volume de operações. Um exemplo de investimento de baixa liquidez são as debêntures. Já os investimentos de alta liquidez, podem ser as ações de empresas como a Vale e a Petrobras.  

 

Retorno

O retorno é quanto um investidor ganha com uma aplicação financeira ou com um investimento. É chamado de rentabilidade quando expresso em forma de porcentagem. Assim, uma rentabilidade de 5% no ano significa que houve um retorno equivalente a 5% do valor que o investidor aplicou inicialmente e que ele foi obtido ao longo de um ano.

 

Diversificação

Uma estratégia de investimento muito popular é a diversificação, que trata justamente de se fazer uma divisão de recursos em diferentes ativos. Por exemplo, se você montar uma carteira com investimentos tanto em renda fixa, quanto em variável, estará praticando a diversificação. Essa prática visa a redução de riscos. Você pode diversificar seus investimentos em setores, em diferentes moedas e em diferentes países. 

Rua Teófilo Otoni 15 – 5º andar – Centro – Rio de Janeiro – RJ – 20090-080

+55 21 2223-3482

+55 21 9794-09870